Monday, 31 December 2012

2012...

... foi um ano de mudança.
... foi um ano de arriscar.
... foi um ano de aventura.
... foi um ano de realizações profissionais.
... foi um ano de muitas lágrimas.
... foi um ano de muita saudade.
... foi um ano que tornou-nos ainda mais fortes, juntos.
... foi um ano de fortalecimento de amizades.
... foi um ano de descoberta.
... foi um ano de chegar, ver e vencer!


Vamos celebrar o ano que passou e brindar ao que aí vem!


Oliebollen

Pois, pois... hoje fizeram ponte lá na empresa mas foi pedido ao departamento financeiro e ao departamento para o qual trabalho que aparecessem. Não tive praticamente trabalho nenhum a manhã toda.
Pelas 11h, ambos os departamentos reuniram-se para celebrarmos a passagem d'ano com umas oliebollen - uns bolinhos de massa frita com passas, muito parecidos às malassadas que comemos por altura do Carnaval na Madeira (faltava-lhes o mel de cana!).
E pelas 13h30 lá vim embora para casa ter com o jeitoso :)



Friday, 28 December 2012

Diferenças

Regressámos ontem e hoje já voltei ao trabalho.
O que mais estranhei? Hoje ainda não vi o Sol...

Thursday, 27 December 2012

Fomos a casa e já regressámos... a casa

Lá fomos passar 2 semanas à ilha :)
Após cerca de 9 meses, finalmente férias! Finalmente ir a casa! Finalmente ver e abraçar família e amigos!
Como tinhamos que estar no aeroporto por volta das 4h-4h30 da manhã, arruma malas e mais não sei quê... acabámos por nem ir dormir e lá fomos de directa.
Aterrámos na ilha da Madeira numa bela manhã de uma 5ª Feira solarenga :) Acreditem que, após ter passado um Outono na Holanda, já nem me lembrava que o céu podia ser de um azul tão intenso e claro nesta altura do ano! Creio que foi o que mais me impressionou logo à chegada!
Um pouco mais tarde, acabámos por nos render ao sono pouco depois do almoço e fizémos uma bela duma siesta :)
E então começou a azáfama: almoçar em casa dos meus pais, jantar em casa da mãe do jeitoso, cafezinho à tarde na esplanada com uns amigos e copos à noite para beber uma poncha com outros, andar pelas familiares ruas da baixa do Funchal e descobrir o que mudou nestes meses, almoçaradas em casa dos familiares mais chegados e jantaradas em casa de amigos, estar com sobrinhas, primos e filhos dos amigos (já nos fazia falta ter crianças à nossa volta!), procurar as últimas prendas, passear à noite para ir ver a iluminação de Natal nas principais ruas da cidade. E no meio disto tudo, muitos muitos miminhos foram dados à Xica da Silva - a minha canídea traquinas que ficou com os meus pais, que já está a 1 mês de fazer 9 anos e que dormiu todas as noites no nosso quarto :)
Ah, e conduzimos! A minha cunhada emprestou-nos o carro durante as férias e pudémos voltar a ter aquela sensação de conduzir, sentir a liberdade que nos dá ter um carro (a bem dizer a verdade, ainda não tinha sentido falta de pegar num carro).
No meio de tudo isto, confesso que os primeiros 2 ou 3 dias foram um tanto ou quanto estranhos... Estávamos num lugar que tinhamos bem guardado no nosso coração, ao qual ansiávamos voltar já há algum tempo mas que, de repente, já não sabia bem a "casa". Qualquer coisa como o que o jeitoso escreveu no blog dele e que custou um pouco a ler, talvez por ser verdade: "e perceber que apesar de pensar que ia a caminho de casa para passar o Natal, ia, na verdade, passar o Natal fora de casa".
Lembro-me de passarmos de carro numa estrada, à noite, e "ver" o corte dos prédios holandeses no escuro. Amsterdão ainda estava tão vivo dentro de mim que, por uns tempos, senti-me mais uma turista de passagem do que alguém que cresceu naquela ilha.
Mas com o passar dos dias essa sensação foi se desvanescendo pelo prazer de acordar sempre com sol e com temperaturas que rondaram os 20ºC/22ºC durante o dia. E que tal uns 17ºC já perto da meia-noite? ;)
Por outro lado, com o passar dos dias, com as (muitas) histórias contadas na primeira pessoa, ficou a certeza de que tomámos a decisão certa ao vir para aqui.
É demasiada gente, a maioria na casa dos 20 e 30 anos, gente inteligente e com grande potencial, desempregada já há demasiado tempo. Ou outros que, como nós, têm emprego mas estão fartos do clima de instabilidade e insegurança em relação ao futuro que se vive em Portugal e que também estão a ponderar sair do país. Foram muitas as histórias ouvidas. Demasiadas, infelizmente.
Não tivémos oportunidade de nos encontrarmos com todas as pessoas que queriamos mas regressámos à Holanda com as baterias recarregadas e com as nossas carências afectivas preenchidas. E hoje já regressámos... a casa.
Ficam aqui algumas fotos. As restantes vão para um álbum no Facebook ;)









Não passei por aqui para desejar-vos um Feliz Natal mas espero que também tenham passado um excelente Natal junto daqueles que vos são mais queridos, na medida do possível.

Thursday, 13 December 2012

I'll see you again...


... in a couple of weeks :)

The Holidays are coming!

Finalmente, após 9 meses, temos férias e... voltamos à ilha para passar o Natal com a família e os amigos :)
Estes últimos dias têm sido super atarefados na empresa mas consegui deixar tudo em dia e fazer o hand over sem complicações.
Últimas horas do dia, chegar a casa já tarde, comer qualquer coisa para o jantar, arrumar as malas, queimar os últimos cartuchos...
E pronto, daqui a umas horas zarpar para o aeroporto... Deixo ficar aqui uma música que vem a propósito, que ouvimos com frequência num anúncio televisivo cá e que o jeitoso conseguiu encontrar: Home


Alabama, Arkansas, I do love my Ma & Pa
Not the way that I do love you

Holy Moley, Me-oh-My, you're the apple of my eye
Girl, I've never loved one like you

Man, oh man, you're my best friend, 
I scream it to the nothingness
There ain't nothin' that I need

Well, hot & heavy, pumpkin pie, 
chocolate candy, Jesus Christ
There ain't nothin' please me more than you

Ahh, Home
Let me come Home
Home is wherever I'm with you (2x)

La la la la, take me Home
Baby, I'm coming Home

I'll follow you into the park, 
through the jungle, through the dark
Girl, I've never loved one like you

Moats & boats & waterfalls, 
alley ways & pay phone calls
I've been everywhere with you

That's true

We laugh until we think we'll die, 
barefoot on a summer night
Nothin' new is sweeter than with you

And in the streets we're running 
free like i's only you and mee
Geez, you're somethin' to see.

Ahh, Home
Let me come Home
Home is wherever I'm with you (2x)

La la la la, take me HomeBaby, I'm coming Home

“Jade?”
“Alexander?”
“Do you remember that day you fell out of my window?”
“I sure do, you came jumping out after me.”
“Well, you fell on the concrete 
and nearly broke your ass 
and you were bleeding all over the place 
and I rushed you off to the hospital. 
Do you remember that?”
“Yes, I do.”
“Well, there's something 
I never told you about that night.”
“What didn't you tell me?”
“While you were sitting in the backseat 
smoking a cigarette you thought 
was going to be your last, 
I was falling deep, deeply in love with you
and I never told you 'til just now.”
“Now I know.”

Ahh, Home
Let me come Home
Home is whenever I'm with you
Ahh, Home
Let me come Home
Home is when I'm alone with you 

Home
Let me come Home
Home is wherever I'm with you

Ahh, Home
Yes, I am Home
Home is when I'm alone with you.

Alabama, Arkansas, I do love my Ma & Pa
Moats & boats & waterfalls & pay phone calls

Ahh, Home
Let me come Home
Home is wherever I'm with you
Ahh, Home
Let me come Home
Home is when I'm alone with you

Sunday, 9 December 2012

How Dutch people got their bike paths

Domingo de manhã. Depois de ter "apagado" por completo ontem à noite no sofá enquanto viamos TV, acordei hoje pelas 8h... e pronto, aproveito enquanto o jeitoso está a dormir e ainda estava escuro lá fora para por a leitura dos blogs em dia pois esta semana não houve muito tempo.
Entretanto, encontro este video aqui e esta informação merece ser divulgada:

 

E mais uma vez, o povo Holandês surpreende-me pela positiva, desta vez com as suas decisões políticas.

Friday, 7 December 2012

Ainda a neve

Estava previsto um grande nevão para esta madrugada, já me tinham dito lá na empresa para ficar em casa hoje se fosse o caso mas, por volta das 7h fui à janela e estava tudo normal por isso toca a ir trabalhar.
Mas afinal a neve chegou, sim senhores. Começou a cair quando eu ia a caminho da estação de comboios (não tinha noção como incomoda quando cai nas pestanas! Lol) e foi aumentando gradualmente de intensidade. Àquela hora ainda não estava a afectar muito os comboios e, felizmente, os que apanho foram pontuais.
Mesmo assim, metade dos colegas que trabalham no meu andar ficou a trabalhar de casa. A meio da manhã, quando olhei pela janela do escritório, caía (muita) neve e já estava tudo branco lá fora :)
E, claro, ponho-me a tirar fotos com o telemóvel sempre que tenho oportunidade, mesmo que seja dos mesmos locais mas em dias diferentes (como lá na empresa).
Até que um homenzinho que trabalha lá na cantina, ao ver-me tirar uma foto lá dum recanto pela enésima vez, perguntou-me se eu não preferia tirar uma foto onde eu aparecesse na neve... et voilà!



Sim, sim... ao fim de um tempo só fica gelo e lama e porcaria e escorrega e blá-blá-blá. E se calhar daqui a uns tempos já vou estar farta de neve como os Holandeses (será??). Mas, e por enquanto, esta semana tem tido qualquer coisa de mágica, de novidade, de regresso à infância, ao conto de fadas, e tem ajudado a encurtar estes dias até à chegada das tão desejadas férias!

Thursday, 6 December 2012

Christmas shopping

Como às Quintas o comércio em geral está aberto até mais tarde em Amsterdão, hoje encontrei-me com o jeitoso depois do trabalho para fazer algumas compras de Natal. E ainda vimos a árvore gigante a ser montada na Dam :)



Sim, o espírito de Natal já me bateu à porta e deixei-o entrar :) Creio que a neve foi o clique que faltava para me despertar para esta quadra!

E esta manhã, quando fui à janela pelas 7h...

... havia um manto branco de neve a cobrir os carros, as bicicletas... E eu com um sorriso de orelha a orelha como se tivesse 5 anos!
Têm que me compreender, nasci e cresci numa ilha sub-tropical, ali junto a Marrocos. Na Madeira, quando muito, cai granizo nos picos mais altos. De todas as vezes que me mudei para um sítio mais frio (como Braga ou Londres...) só nevou precisamente depois de eu ter saído de lá!! Já estive em estâncias de esqui, em França e na Áustria, mas a neve já lá estava...
Agora, esta coisa de acordar com tudo branquinho e sair para ir trabalhar enquanto está a nevar, pisar a neve a caminho da estação de comboios, estar no escritório e ver a neve a cair, ir de carro e ver tudo coberto de neve à minha volta... enfim, tenho uma ideia muito romântica de um Inverno com neve, do tal White Christmas que só costumo ver nos filmes americanos, de poder sair à porta de casa e brincar com a neve, de fazer anjos na neve... Oh yes, I'm happy!

Estação de comboios de Weesp

À entrada da estação de comboios de Naarden-Bussam

Na empresa, em Naarden


Wednesday, 5 December 2012

Desejando...

Desejando de ir pra casa. Prá outra casa. De ver. Recordar. Abraçar. Cheirar. Provar. Mimar. Rir. Sentar à mesa. Brilho no olhar. Família. Amor. Amizade. Cumplicidade. Crianças. Natal.

Sunday, 2 December 2012

Este fim-de-semana tá a saber a pato!

Já não como pato há algum tempo e, pela minha lista de gostos, deveria ter escrito algo como Este fim-de-semana tá a saber a bacalhau! Lol
Mas acho que dá para perceber a ideia, não? ;)
Era para termos ido jantar com o Adnan, na Sexta, a um restaurante afegão que fica aqui perto de casa mas o jeitoso já chegou tarde a casa e tão cansadinho que acabámos por nos deixar ficar - e soube a pato!
No Sábado, acabei por sair da cama só lá pelas 11:00 (maravilha!) e passei a tarde no sofá a rever o Intouchables e a ver o Mirror Mirror (acho este tipo de filmes perfeito para uma tarde de Inverno!). O dia terminou em ambiente português, a festejar o aniversário do Bruno, onde tive a oportunidade de conhecer a Andreia que é nossa vizinha desde há pouco tempo :)
Domingo... levantar-se já perto do meio-dia (wow!), mandriar, arrumar a casa porque não dá para adiar mais, fazer um pouco de jardinagem (tristes plantas que têm sido desprezadas nos últimos meses...) e colocar as decorações de Natal (descobri manhãs-de-Páscoa à venda no Albert Heijn!) com o que encontrámos na arrecadação - só umas coisinhas aqui e ali, já que não vamos passar cá o Natal, para começar a lembrar mais a época. E... mandriar mais um bocadinho! Pato, pato e mais pato!! :D






Friday, 30 November 2012

:-)



Goedemorgen!

Esta manha e bem capaz de ter sido a mais fria desde que ca estou: -1C!
Mas, apesar do frio, e impossivel ficar imune a diversidade de cores na paisagem na minha viagem de comboio para o trabalho... O ceu reveste-se, transforma-se, e se nao tivesse que estar acordada tao cedo provavelmente nunca presenciaria esta pintura da Natureza nem veria os extensos campos cobertos com a geada matinal...

O nascer do sol, algures entre Weesp e Naarden


Thursday, 29 November 2012

Coisa estranha

Agora à tarde, quando saí do escritório e entrei no shuttle (um serviço de táxi, numa carrinha de 7 ou 8 lugares, que a empresa disponibiliza às horas de entrada e saída entre as suas instalações e a estação de comboios) estava a falar ao telemóvel com o jeitoso. Em português, claro está.
Entretanto terminei a chamada.
Passados uns 5 minutos, toca o telemóvel da rapariga que estava sentada mesmo ao meu lado e ela atende. Em português!
Entretanto o shuttle chegou a estação e ela continuava ao telemóvel porque senão, rásparta!, ia meter conversa de propósito. Em português!
Nem vou me pôr aqui a questionar se a atitude dela é normal ou não mas entendo que quando um gajo tá longe do seu país (e eu já vivi fora de Portugal várias vezes por isso não estou a falar à toa) é uma surpresa agradável deparar com outros portugueses. Ainda pra mais porque, aparentemente, trabalhamos na mesma empresa. Enfim...

In the office: today's lunch @ the cantine

Hoje não me conseguia decidir entre duas das opções para almoço na cantina da empresa: espetadinhas de camarão com legumes ou sushi?... Acabei por trazer ambas!!
Normalmente, as opções não costumam ser tão apelativas. Ah, e não se deixem enganar pela foto - são porções mais apropriadas para servir como entrada do que como prato principal... Mas por cerca de 5€ no total, não está mal ;)
Okay, o sushi estava uma trampa mas as espetadinhas de camarão (e não sou fã de marisco) com aqueles legumes ligeiramente picantes estavam uma delícia!


Xmas countdown: 2 weeks!

Já só faltam 2 semanas para o meu Natal começar!! :D


Tuesday, 27 November 2012

Christmas is coming!

Duas horas de conversa depois do trabalho no Hole in the Wall, na Leidseplein, com o Nico e a Eefje e aproveitámos para contemplar as decorações de Natal que já se encontram espalhadas um pouco por toda a cidade :)



"Pais em 2012: Corajosos, irresponsáveis ou optimistas?"

Leio estas coisas e fico apreensiva. Tenho 35 anos e vejo o tempo a passar a uma velocidade assustadora. Os planos para aumentar a família foram novamente adiados, desta vez por causa da mudança de país. Ao mesmo tempo que isso parece fazer todo o sentido, cada vez mais parece-me que reunir o maior número possível de condições favoráveis para ter um filho, não só é ilusório como uma maneira de ir chutando pra frente...

Sunday, 25 November 2012

It's more triple 0 if you ask me...

Fomos ver o Skyfall ao cinema esta tarde e consigo resumir o filme numa palavra só: aborrecido!
Não sei se foi de ter visto todos os filmes do 007 até à data, em família, quando era miúda mas a verdade é que agora estes filmes parecem-me sempre mais do mesmo e dei por mim a bocejar algumas vezes na sala de cinema.
Além de que este James Bond louro e de olhos claros nunca me convenceu...


Friends

Não, não se trata da série americana mas mesmo dos nossos amigos, daqueles amigos do coração que tornam a nossa vida muito melhor!
Apesar de estarmos cá há menos de 1 ano, já conhecemos várias pessoas em Amsterdão, expats e não só, super-agradáveis com quem gostamos genuinamente de passar um bom bocado.
Mas a Cátia e o João são aqueles amigos com quem nos sentimos "em casa", com quem nos identificamos, a família que temos cá na Holanda, amigos que estão sempre a torcer por nós como nós por eles, a dar-nos força, que se preocupam genuinamente connosco e que também fazem uma festa sempre que falamos ao telemóvel e ainda mais quando nos encontramos.
É por isso que, apesar de não estarmos a viver na mesma cidade, não conseguimos deixar passar muito tempo sem nos vermos! Ora eles vêm cá, ora nós vamos a Utrecht ou às vezes combinamos de descobrir uma cidade holandesa juntos.
Ontem foi mais um desses dias de aquecer a alma na companhia deles! Passámos o dia em Utrecht, ao fim da tarde ainda fomos todos tomar um café com o Bas (colega de trabalho do jeitoso) e a Ineke, um casal holandês muito fixe que também vive em Utrecht, e depois toca a ir fazer o jantar em casa da Cátia e do João - mal vejo a hora de estarmos a morar na mesma cidade! :)



E, aos 35 anos, tive a minha primeira pulseira de best friends :)

Friday, 23 November 2012

Bom fim-de-semana! :)

As últimas 5 semanas têm sido um caos e há muito que a chegada de um fim-de-semana não me sabia tão bem! Enjoy :D


Thursday, 22 November 2012

Threading

Hoje voltei ao cabeleireiro Bianko e tive sombrancelhas e buço arranjados por um homem. Da Arménia.
Já tinha ouvido falar da técnica e tinha visto de relance mas nunca tinha experimentado. Gostei e fiquei fã!
As sombrancelhas ficam muito bem definidas e é menos doloroso do que arranjá-las com cera ou só com uma pinça. E a prova é que, sempre que arranjo as sombrancelhas e o buço pareço um palhaço, de tal maneira que fico com a pele irritada e vermelha nessas zonas, mas com esta técnica já não fiquei com a pele tão vermelha.
Mesmo vendo os vídeos que explicam a técnica (e percebendo na teoria) não deixei de ficar boqueaberta ao ver a rapidez com que arranjavam as sombrancelhas das outras clientes!
Para quem não faz ideia do que estou a falar, fica aqui o vídeo:

In the office: Dutch tomatoe soup!


Wednesday, 21 November 2012

Troco

Nas minhas primeiras semanas na Holanda, comecei a fazer uma lista mental de aspectos diferentes e interessantes/engraçados sobre o que via em meu redor para partilhar aqui mas o tempo foi passando e essas curiosidades tornaram-se banalidades.
Mas suponho que podem ser interssantes para quem, como eu há 8 meses, não conhece a Holanda.
Então aqui fica mais uma pequena curiosidade: no que diz respeito a troco, quando se faz uma compra, não vale a pena tentar "facilitar" o troco por causa de uns cêntimos como fazemos em Portugal. Não que os Holandeses não saibam fazer essas contas de cabeça (como os Ingleses, que ficavam baralhados!!) mas as moedas de 1 e 2 cêntimos foram retiradas de circulação na Holanda. Assim, vão arrendondar o troco para mais ou para menos, conforme o caso. Deste modo, numas vezes ganhamos uns cêntimos e noutras perdemos ;)

Saturday, 17 November 2012

chop-chop

Já tinha desistido de encontrar um bom cabeleireiro em Amsterdão que não me custasse um rim para cortar o cabelo e tinha-me convencido que ia aguardar até ir à Madeira para fazer uma visita à cabeleireira porque o cabelo está outra vez em "fase de crescimento" e já não se percebia o corte nem nada.
Até que vi umas dicas num grupo do Facebook e hoje lá decidi experimentar o Kapsalon Bianko que fica a 5 minutos de bicicleta cá de casa. Não é preciso fazer marcação e à 5ª feira está aberto até às 21h.
Fiz coloração, cortei e sequei o cabelo pelos mesmos preços que são praticados na Madeira - nada mau!!
Acho que fiquei cliente ;)

Frase do dia

"Sim, que a dúvida é a maior certeza na vida dos expatriados" - frase lida hoje aqui e não podia concordar mais.
Esta mudança para a Holanda foi, sem margem para dúvidas, a melhor decisão que tomámos. E se é verdade que a minha tendência é para partilhar aqui convosco as coisas boas desta experiência, não deixa de ser verdade que a vida de expatriado não é um mar de rosas.
Não pensem que é festa todos os dias, que vimos para aqui e esquecemos o que ficou e quem ficou para trás.
Existe uma batalha interior constante, muda, no sentido de silenciarmos as saudades e a preocupação com quem ficou lá longe e não podemos ver nem abraçar quando bem nos apetece.
Há manhãs, frias e chuvosas, em que damos por nós a pedalar rumo à estação de comboios e a pensar mas que raios é que estou aqui a fazer, a levar com vento e chuva na puta das ventas, quando podia estar em casa a ir de carro para o trabalho! Há alturas em que a saudade aperta tanto que até dói, em que nada disto parece fazer sentido.
E é aí que a razão tenta se sobrepor e repetimos incansavelmente que é melhor estar cá com carências afectivas do que lá com a preocupação constante do que vai ser o dia de amanhã.
Mas a certeza de que há emprego cá não invalida a existência de outras dúvidas...
E pronto, não me apetece falar muito mais sobre isto agora. Toca a ir tomar um duche e sair de casa para aproveitar o dia da melhor maneira. Bom fim-de-semana a todos!

Monday, 12 November 2012

Mais visitas! :)

A Mãe do jeitoso veio cá e ficou connosco :)
Foi uma semana e meia de "comidinha de casa" e de fazer turismo pela cidade.
E em jeito de surpresa à Mãe, ainda chegou o irmão mais novo que também está a viver fora da Madeira.
Como se já não fosse bom ter estes dias em ambiente familiar, ainda se juntou a vinda a Amsterdão de uns amigos da ilha.






E para ajudar à festa, a Cátia e o João
também estiveram na cidade! :)

E agora, começa a contagem decrescente: só falta 1 mês!! :D

Tuesday, 6 November 2012

Notícias da terra

Soube ontem que a empresa onde trabalhava na Madeira antes de me mudar para a Holanda vai fechar lá para Abril do próximo ano.
Não devido à crise, como tantas outras, mas devido a uma fusão que teve lugar há cerca de 2 anos. A empresa que comprou aquela onde eu trabalhava (gostam de chamar-lhe fusão mas no fundo é sempre um take-over) vai extinguir a marca dos produtos da minha ex-empresa e, consequentemente, a empresa que haviam criado na Madeira por razões fiscais.
Nascerá uma nova empresa na Madeira mas não haverá postos de trabalho para todos e - aproveitando-se da crise, claro está - serão feitas novas ofertas, menos aliciantes.
Enfim, são ciclos comuns a muitas empresas. Mas a primeira coisa que me passou pela cabeça foram os meus ex-colegas, alguns bons amigos, uns que recentemente compraram casa, outros com filhos, que ficarão sem emprego.
E embora a razão principal para ter saído da Madeira há cerca de 9 meses fosse porque existia a forte probabilidade de acontecer algo do género (até estava mais a pensar que seria devido à problemática em torno do Centro Internacional de Negócios da Madeira), entristece-me ter a confirmação de que isto vai realmente acontecer e que o fim da empresa está tão perto.
Não me sai da cabeça que, se não tivesse tido tomates para sair da minha zona de conforto, estaria desempregada daqui a meio ano...
E dou graças ainda por ter o jeitoso, que também não é de ficar parado à espera do pior, pois não sei se teria voltado a sair sozinha da ilha pela enésima vez.

Saturday, 3 November 2012

E com a chegada do Outono regressam as mantas

Mesmo com temperaturas mais baixas, os restaurantes e bares costumam ter bancos no exterior (alguns têm mesa também), para os fumadores. É comum ver camisolas largas ou mantas sobre os bancos para que os clientes possam vestir por cima da roupa ou colocar sobre as pernas devido ao frio :)


Wednesday, 31 October 2012

Happy Halloween!

@ Jordaan, Amsterdam

In the office

Hoje foi o último dia de trabalho de um colega que vai sair da empresa.
Fica aqui a foto da praxe (só falta a minha supervisora - que não trabalha às 4ª Feiras - e um colega que está doente).


Sunday, 28 October 2012

Mais um fim-de-semana...

... que passou.
Calmo, a por as coisas em ordem depois da turbulência das últimas semanas, e com uma visitinha da Cátia e do João no Domingo para tomarmos um cafezinho ao fim da tarde :)



Monday, 22 October 2012

Segunda-feira

Hoje foi um bom dia! Aliás, nada mau mesmo para uma Segunda ;)
Não acordei a sentir-me já cansada (sinal de que tenho dormido e descansado mais) e recebi excelentes notícias durante o dia!

Boa semana minha gente :D

Sunday, 21 October 2012

Fim-de-semana...

... passado com a máquina de lavar roupa avariada, lá foi preciso ir à lavandaria no Sábado. Duas máquinas, uma a quente e outra a frio, a 5,00€ cada - ladrões!! E se quisesse usar a máquina de secar roupa, seria mais 1,50€!
Acho que deveria abrir uma lavandaria aqui...

À noite, voltámos ao Café de Koe para tomar umas bebidas com algum pessoal conhecido. Foram umas horas bem passadas com vários países representados à mesa: Portugal, França, Roménia, Austrália, Alemanha e Turquia - isto às vezes até me faz lembrar "os tempos de Erasmus" quando estava na universidade!

Teve piada mesmo (not!) foi esta manhã quando o jeitoso deu por falta das chaves da bicicleta... fomos espreitar pela janela e a bicicleta já não estava onde ele a tinha deixado ontem - é caso para dizer, se beberem uns copos a mais, certifiquem-se que não se esquecem da chave no cadeado da bicicleta porque o mais certo é ser roubada!!
Após o jantar e um dia de preguicite, fui ter com o Tiago - um amigo e colega da universidade - que veio participar na meia-maratona de Amsterdão. A conversa não se prolongou pela noite dentro pois o Tiago estava obviamente cansado após a maratona e amanhã é dia de trabalho para mim mas mesmo assim foi muito bom revê-lo :)

Thursday, 18 October 2012

1ª experiência médica na Holanda

Semana curta ou extremamente longa... nem sei!
2 noites sem dormir e 2 dias passados sozinha em casa com uma infecção urinária.
E foi assim que fui à minha primeira consulta médica na Holanda. Ouve-se falar e lê-se tanta coisa sobre as experiências dos expats quando vão ao médico aqui que nem sabia o que esperar. Mas afinal revelou-se numa experiência positiva.
De manhã, liguei para o huisarts onde estou inscrita, disse o que tinha e que queria uma consulta médica. Fizeram-me uma marcação para daí a 1 hora (not bad!).
Chegada lá - fica a cerca de 5 minutos a pé de onde moro - deram-me um frasquinho para recolher uma amostra de urina, foi feito o teste e entregaram-me o resultado para dar ao médico quando fosse chamada. Fui atendida pelo médico-assistente que, depois de me ter feito algumas perguntas e ter visto o resultado da análise de urina, receitou-me um antibiótico. E já está. Literalmente! Não há cá nada de carimbar receitas médicas nem nada disso. Não precisei pagar a consulta pois é para isso que pago seguro de saúde todos os meses. Também não paguei pelo antibiótico na farmácia pela mesma razão.
E quando questionei, porque não sabia como funciona cá, se é costume entregar à entidade patronal algum comprovativo de presença na consulta médica, fui informada que, no caso da empresa exigir algum comprovativo, eu devo escrever e assinar uma carta em como autorizo o huisarts a divulgar essa informação à empresa - I am definitely not in Kansas anymore!

Amsterdão começa a se vestir para o Natal

Uma voltinha com o jeitoso pelo centro e pelas lojas depois do trabalho e já vimos algumas decorações recentes :)
Ainda não vi nada que se possa sequer comparar à iluminação de Natal da minha terra - mas também já estou habituada a isso.
Mas esta é, sem dúvida, a minha altura favorita do ano e espero que o espírito natalício me bata brevemente à porta!



Wednesday, 17 October 2012