Wednesday, 31 October 2012

Happy Halloween!

@ Jordaan, Amsterdam

In the office

Hoje foi o último dia de trabalho de um colega que vai sair da empresa.
Fica aqui a foto da praxe (só falta a minha supervisora - que não trabalha às 4ª Feiras - e um colega que está doente).


Sunday, 28 October 2012

Mais um fim-de-semana...

... que passou.
Calmo, a por as coisas em ordem depois da turbulência das últimas semanas, e com uma visitinha da Cátia e do João no Domingo para tomarmos um cafezinho ao fim da tarde :)



Monday, 22 October 2012

Segunda-feira

Hoje foi um bom dia! Aliás, nada mau mesmo para uma Segunda ;)
Não acordei a sentir-me já cansada (sinal de que tenho dormido e descansado mais) e recebi excelentes notícias durante o dia!

Boa semana minha gente :D

Sunday, 21 October 2012

Fim-de-semana...

... passado com a máquina de lavar roupa avariada, lá foi preciso ir à lavandaria no Sábado. Duas máquinas, uma a quente e outra a frio, a 5,00€ cada - ladrões!! E se quisesse usar a máquina de secar roupa, seria mais 1,50€!
Acho que deveria abrir uma lavandaria aqui...

À noite, voltámos ao Café de Koe para tomar umas bebidas com algum pessoal conhecido. Foram umas horas bem passadas com vários países representados à mesa: Portugal, França, Roménia, Austrália, Alemanha e Turquia - isto às vezes até me faz lembrar "os tempos de Erasmus" quando estava na universidade!

Teve piada mesmo (not!) foi esta manhã quando o jeitoso deu por falta das chaves da bicicleta... fomos espreitar pela janela e a bicicleta já não estava onde ele a tinha deixado ontem - é caso para dizer, se beberem uns copos a mais, certifiquem-se que não se esquecem da chave no cadeado da bicicleta porque o mais certo é ser roubada!!
Após o jantar e um dia de preguicite, fui ter com o Tiago - um amigo e colega da universidade - que veio participar na meia-maratona de Amsterdão. A conversa não se prolongou pela noite dentro pois o Tiago estava obviamente cansado após a maratona e amanhã é dia de trabalho para mim mas mesmo assim foi muito bom revê-lo :)

Thursday, 18 October 2012

1ª experiência médica na Holanda

Semana curta ou extremamente longa... nem sei!
2 noites sem dormir e 2 dias passados sozinha em casa com uma infecção urinária.
E foi assim que fui à minha primeira consulta médica na Holanda. Ouve-se falar e lê-se tanta coisa sobre as experiências dos expats quando vão ao médico aqui que nem sabia o que esperar. Mas afinal revelou-se numa experiência positiva.
De manhã, liguei para o huisarts onde estou inscrita, disse o que tinha e que queria uma consulta médica. Fizeram-me uma marcação para daí a 1 hora (not bad!).
Chegada lá - fica a cerca de 5 minutos a pé de onde moro - deram-me um frasquinho para recolher uma amostra de urina, foi feito o teste e entregaram-me o resultado para dar ao médico quando fosse chamada. Fui atendida pelo médico-assistente que, depois de me ter feito algumas perguntas e ter visto o resultado da análise de urina, receitou-me um antibiótico. E já está. Literalmente! Não há cá nada de carimbar receitas médicas nem nada disso. Não precisei pagar a consulta pois é para isso que pago seguro de saúde todos os meses. Também não paguei pelo antibiótico na farmácia pela mesma razão.
E quando questionei, porque não sabia como funciona cá, se é costume entregar à entidade patronal algum comprovativo de presença na consulta médica, fui informada que, no caso da empresa exigir algum comprovativo, eu devo escrever e assinar uma carta em como autorizo o huisarts a divulgar essa informação à empresa - I am definitely not in Kansas anymore!

Amsterdão começa a se vestir para o Natal

Uma voltinha com o jeitoso pelo centro e pelas lojas depois do trabalho e já vimos algumas decorações recentes :)
Ainda não vi nada que se possa sequer comparar à iluminação de Natal da minha terra - mas também já estou habituada a isso.
Mas esta é, sem dúvida, a minha altura favorita do ano e espero que o espírito natalício me bata brevemente à porta!



Wednesday, 17 October 2012

Tuesday, 16 October 2012

Desabafo

Tenho andado meio perdida nos últimos tempos... Reconheço-o ao olhar para mim, para a minha atitude perante a vida. Passei de dar graças todos os dias por tudo o que tenho de bom na minha vida para andar a me queixar de tudo.
Seja pelo acumular de preocupações e cansaço, seja pela entrada nos dias mais curtos - isso agora é irrelevante.
Toca a erguer a cabeça e combater tudo o que me possa enfraquecer!
Estou mesmo agradecida por tudo o que tenho alcançado e só tenho que manter isso em mente.

Sunday, 14 October 2012

Relax weekend

O objectivo para este fim-de-semana era tentar fazer o menos possível e acho que consegui bons resultados!
Mal temos parado em casa ao fim-de-semana durante os últimos 2 meses e têm havido várias noites com poucas horas de sono...
Assim, este foi reservado exclusivamente para dormir, descansar e relaxar :)
E com a chuvinha de início de Outono lá fora, sabe mesmo bem ficar em casa enroscado numa manta...

Monday, 8 October 2012

Visitas "de casa"

Têm sido uns dias em cheio!
Na 4ª feira chegaram a Amsterdão 5 amigos nossos da Madeira que ficaram num hostel na zona de Amstel.
Na 5ª feira chegou o Hugo, do Porto, que foi meu colega na universidade e que ficou em nossa casa.
Andámos muito a pé pela cidade e houve jantarada cá em casa no Sábado :)
É óptimo ter caras amigas por perto, pessoas com quem podemos estar descontraídos e dizer as maiores asneiradas.
Muito bom... mas agora precisamos de mais um fim-de-semana para recuperar!!








Neste fim-de-semana também voltámos a comer uma 
japanese pancake com "dancing fish" :)

Sobre o curso de Holandês VI

Hoje liguei para a escola para fazer uma "pausa"  de 2 semanas no curso...após as duas primeiras aulas.
Tenho a mania de pensar que consigo arranjar maneira de conjugar várias coisas, que consigo fazer tudo, mas volta e meia o meu corpo encarrega-se de me relembrar de que é melhor abrandar um pouco o ritmo.
Emprego novo, 2 horas em deslocações casa-trabalho-casa por dia, curso de holandês e ginásio... tinha que ceder nalguma coisa.
Disseram-me que não havia problema. Agora vamos ver se 2 semanas serão suficientes para repor as energias necessárias...

Tuesday, 2 October 2012

Emprego na Holanda

Tenho que falar um pouco sobre a questão do emprego aqui na Holanda. 

Soube desde o princípio que o meu emprego anterior era apenas até ao fim de Setembro. Como vários dos meus colegas na BHP Billiton não continuaram na empresa e sabiam que teriam que encontrar novo emprego brevemente, vinha a ouvir certos comentários em tom preocupante, já há alguns meses, sobre como a situação na Holanda já não é tão boa devido à crise e que não está fácil arranjar trabalho nesta altura e blá-blá-blá...

Ora eu - imigrante recém-chegada ao país - por muito que não acreditasse que a situação cá pudesse estar assim tããããoo má como a pintavam, acabei também por entrar um pouco em "pânico" pois certamente não saí de Portugal para ficar desempregada aqui!

Então, em meados de Julho, já comecei a enviar CV's actualizados para as principais agências de recrutamento nacionais e a espreitar algumas ofertas de emprego online. E agora eu digo, em alto e bom som: esta gente não sabe o que é crise! Para além do facto, que já partilhei aqui, do jeitoso ter encontrado emprego 3,5 semanas depois de ter cá chegado e eu ter levado apenas 7 semanas... a verdade é que demorou apenas 1,5 semanas a me contactarem com uma proposta de emprego... 1ª entrevista... 2ª entrevista... Feitas as contas, levou cerca de 5 semanas entre enviar o CV e receber confirmação de que tinha ficado com a posição! Sorte? Sim, temos ouvido dizer que tivémos sorte quando cá chegámos... Bem, mas se isto foi sorte outra vez, então acho que devia jogar mais vezes no Euromilhões!!

O que estou a tentar dizer (não estou aqui a me "gabar" porque não faz o meu feitio) é que, se estivermos dipostos a prescindir de umas coisas em prol de outras, se não nos agarrarmos àquela ideia do "emprego ideal", existem oportunidades cá.

Se eu gostava de ter um contracto de trabalho directamente com a empresa em vez de tê-lo através de uma agência de recrutamento? Certamente! Mas, na minha opinião, é muito mais fácil arranjar trabalho cá desta maneira - por isso, e para já, está bem assim.

Se eu gostava de estar a trabalhar mais perto de casa? Certamente! Não me agrada perder cerca de 2 horas por dia em deslocações casa-trabalho-casa. Mas sei que estaria a limitar ainda mais (digo "ainda mais" já pelo facto de não falar Holandês) as minhas probabilidades de encontrar emprego.

Se eu gostava de receber um salário maior? Certamente! E há-de acontecer. Obviamente que também recusei logo à partida qualquer oferta de emprego onde o salário fosse inferior ao que recebia na BHP Billiton (ninguém quer passar de cavalo pra burro!) e deixei-me ficar por um salário igual.

Mas tudo a seu tempo! Espero, aos poucos, conseguir reunir essas 3 condições num só emprego :)

Ora, isto tudo para dizer que existe emprego na Holanda. Mas também depende de cada um saber se quer ou não aproveitar as oportunidades que vão surgindo. Vários dos meus ex-colegas de trabalho (a maioria residente em Haia) comentaram que não estavam dispostos a trabalhar muito longe de Haia, outros torceram o nariz quanto à ideia de trabalhar através de agências de recrutamento e obviamente que, após vários anos a trabalhar numa empresa onde os salários são extremamente gratificantes, ninguém gostou da probabilidade de levar um corte salarial... Mas então, não venham dizer que não há emprego devido à crise!

Monday, 1 October 2012

New job!

Comecei no meu novo emprego em Naarden.
Continua a ser na área da Logística, mas desta vez na indústria farmacêutica - mais uma vez, algo completamente novo para mim!

Naarden até pode ficar mais perto de Amsterdão do que Haia mas como utilizo os transportes públicos, acaba por ir bater mais ou menos à mesma coisa. A parte boa é que, como a empresa situa-se num parque empresarial, é disponibilizado um taxi de 8 lugares para quem quiser ir para a estação de Naarden-Bussum.

As primeiras impressões são boas: equipa divertida com predominância do sexo feminino.
Após 5 anos a trabalhar em escritórios com ambiente open space, vejo-me novamente a trabalhar numa sala que divido com 3 colegas.

Esta empresa também tem "cantina" o que é excelente à hora do almoço! Os preços são mais acessíveis do que na BHP Billiton. E embora a oferta não seja tão variada nem a qualidade tão elevada, têm boas saladas e sobremesas à base de iogurte e fruta, entre outros.
Tenho é que voltar a habituar-me à ideia de "lanchar" à secretária (algo completamente proibido na empresa anterior).

Enfim, e agora é aguentar esta primeira semana - sempre extremamente exigente a nível de concentração.