Monday, 28 January 2013

1ª consulta com a verloskundige

Esta manhã fomos, então, à primeira consulta com a verloskundige.  A que nos atendeu não é, necessariamente, a que me vai acompanhar ao longo da gravidez nem a que irá me assistir na altura do parto pois são 4 a trabalhar naquela clínica e provavelmente irei "passar pelas mãos" das quatro.
Mas ambos gostamos desta: muito simpática e bem disposta :)
A consulta durou cerca de 1 hora e tratou-se mais de uma sessão informativa para ambas as partes: para mim, sobre como funciona a questão da maternidade na Holanda, que exames e análises irei fazer e quando, cuidados com a alimentação, etc; e para ela, o meu historial de saúde e afins.
Viu-me a pressão arterial e nada mais.
Daqui a 2 semanas vou fazer a primeira ecografia e vou aproveitar para fazer as análises de sangue nessa altura também.
Próxima consulta? Só no final da Março, ou seja, daqui a 2 meses.
Tudo um bocado diferente da rotina com o obstetra em Portugal.

Sunday, 27 January 2013

Home Cinema

Ontem foi a vez do  Silver Linings Playbook. Confesso que ao fim da primeira meia hora já estava a pensar que aquele filme era uma bodega mas afinal revelou ser muito bom! Recomenda-se sem hesitar :)


8ª semana

Ora não houve muitas alterações nesta semana, a não ser que descobri que o cheiro a côco também me faz sentir enjoada. E que mais? Perfumes intensos. Cheiros de algumas comidas. Cheiro a tabaco. E até a erva (ao ponto de agora suster a respiração quando passo em frente a uma coffeeshop!). Entrar em sítios muito abafados. Ah, e o aroma do chá de frutos vermelhos que eu tanto gostava? Tão cedo não volto a bebê-lo! E não volto a fazer a asneira de ir logo de manhã, em jejum, ao supermercado comprar pão fresco para o pequeno-almoço ao fim-de-semana... aquele cheiro "quente" a pão fresco... blaaarrrghh!

E quanto aos famosos desejos das grávidas? Ainda não fui acometida por nenhuma extravagância alimentar... mas tem me apetecido comidas e sabores caseiros, daquelas que comia em casa dos meus pais. O que também pode ser devido àquela vontade de comidas mais "reconfortantes" com o tempo frio. De qualquer modo, nas últimas 2 semanas já houve cá em casa franguinho estufado, sopa "de entulho" com carne, picado com batatas fritas e... ainda ontem apeteceu-me umas rabanadas :)

Ah, e na Segunda-feira vamos à minha primeira consulta com a verloskundige :)

Saúde na Holanda

Tenho lido e ouvido histórias inacreditáveis (pela negativa) sobre os médicos e sistema de saúde na Holanda. Coisas que a mim, habituada à excelente medicina preventina que temos em Portugal (acreditem que é!), fazem-me ficar com os cabelos em pé.
Tenho a dizer que até agora, felizmente, não tenho razões de queixa. Já tive que ir algumas vezes ao meu huisarts (o médico de família aqui da zona) e as minhas queixas não foram ignoradas nem tratadas com paracetamol - aparentemente, o medicamento milagroso neste país.
Mas acabo de ler mais umas pérolas das medicina holandesa e resolvi partilhar aqui duas, só para terem uma ideia:
  • Isso nao e nada! Acabei de ser operada a uma coisa que estava meeesmo ao lado daquilo que precisava de ser operado. Isto porque nao querem fazer ressonancias magneticas que, segundo dizem, e tentar matar uma formiga com uma espingarda. Palavras de medico.
  • A saúde na Holanda é uma anedota... eu tive uma consulta no médico , e dizendo-lhe eu que por vezes experimentava momentos de depressão,(como fui operada ao meu pé estou agora pouco móbil)a resposta dele: você não a mim não me parece nada deprimida, então eu perguntei-lhe segundo ele como e quando é que uma pessoa lhe parece sofrer de depressão, resposta dele, quando comete suicídio...então eu respondi-lhe mas aí vai ser tarde de mais para ajudar... ele olhou-me e não disse nada...pessoalmente não sei se isto é 'reactivo' ou que raio é...LOL

Aquela da ressonância magnética fez-me pensar, se já cá estivesse há uns 6 anos quando fui operada ao joelho - e que só através desse exame foi possível detectar o problema - será que me teriam receitado paracetamol para as dores que sentia devido ao facto de ter uma fractura na cartilagem do joelho? Será que teriam feito a cirurgia correcta?? Medo... muito medo!...


É por esta e por outras que muitos dos Portugueses que cá estão deixam os exames e consultas médicas para serem feitos em Portugal (mesmo pagando cá o seguro de saúde obrigatório) - o que a mim, com o preço das viagens para a Madeira, já não me dá tanto jeito...

Enfim, mas é como disse, por enquanto não tenho razões de queixa. Espero que continue assim!

Associações

Parece-me que já estou há tempo suficiente fora da Madeira quando, ao falar com uma amiga lá da ilha sobre vestir-se de laranja, a primeira associação que faço é à Holanda, por ser a cor da família real holandesa, e não ao PSD... É bom sinal!

Friday, 25 January 2013

Tirar o melhor partido das situações

É assim que tem que ser num país destes, algo do género: se não podes vencê-los, junta-te a eles.
Esta semana tenho visto, quando saio do trabalho e vou a caminho da estação de comboios de Naarden, pais e filhos a limpar a neve dos canais congelados para poderem patinar :)

E notei que, se durante o resto do ano (faça chuva ou faça sol) mães e pais levam os filhos para a escola nas suas bicicletas, agora com a neve as bicicletas ficam em casa e é vê-las a puxar os filhotes de trenó. Ora isto é novidade para mim!

Sunday, 20 January 2013

Cá está ela outra vez...

... a neve :(

Home Cinema


Ontem vimos o filme Life of Pi. Já tinhamos ouvido bons comentários sobre o mesmo e é, realmente, um filme excepcional!

Saturday, 19 January 2013

Jamie Oliver's Fifteen

Ontem fomos jantar ao restaurante do Jamie Oliver em Amsterdão: Fifteen.
Os preços até são razoáveis - tendo em conta o facto do proprietário ser tão famoso - mas acho que fui com expectativas demasiado elevadas.
Começámos com uma entrada de lulas que, embora não tivessem aquele efeito uau!, tinham uma textura fantástica.
Para prato principal, optei pela Roasted Farm Chicken with polenta, lemon and salsa Pizziola. A polenta estava magnífica, provavelmente a melhor que já provei até hoje!, o frango estava suculento... mas veio a parte do frango que menos aprecio, a sobrecoxa.
E também não apreciei muito que viesse empratado daquela maneira. Acho que depois de ver os programas do Jamie at home, estava à espera de uma apresentação mais "caseira".
Para concluir, confesso que gostava de lá voltar e experimentar outros pratos.









7ª semana

Só mais uma semana e chegamos ao fim do 2º mês :) Estou desejando de chegar ao fim do 1ª trimestre  e poder ficar mais descansada...
Bem, depois daquele primeiro dia de enjoos e seios doridos e sensíveis, acordei na manhã seguinte sem qualquer sintoma. A bem dizer a verdade, sentia-me completamente "normal" - e é claro que a minha cabecinha de grávida caloira já começou a fazer uns filmes... será que estava tudo bem com o bebé?
Lá tive que voltar a me socorrer do Google para perceber que esta é mais uma daquelas coisas que varia muito de mulher para mulher e que os enjoos e outros sintomas não têm que ser forçosamente graduais.
E realmente tem sido assim esta semana: nuns dias mais intensos do que noutros.
Mas devo dizer que, até agora, acho que estou a ter aquilo a que chamo de uma "santa gravidez" pois, com o que tenho lido por aí, até que não me posso queixar muito dos sintomas :)

Friday, 18 January 2013

Friiooooo!!!

Rásparta que já tou farta deste frio!
E aquela minha imagem romântica da neve? Foi-se.
Nos filmes, não se vê ninguém a andar de guarda-chuva aberto quando está a nevar porque os flocos de neve incomodam quando caem nos olhos e mal conseguimos mantê-los abertos! Nem se vê o pessoal a dar sopapos no chão - ainda não dei nenhum mas também pode chegar o meu dia...
Custa pôr o pé fora de casa e custa muito mais ainda ficar a secar 10, 15, 20 minutos numa estação qualquer à espera do maldito comboio que atrasou.
Vá, já vi neve q.b. - agora queremos masé que a temperatura comece a subir!


Thursday, 17 January 2013

Reconhecimento

Hoje tive uma agradável surpresa no trabalho!
Um cliente francês, que tem passado as últimas 2 semanas a me stressar com telefonemas e emails constantes por causa de um produto (ao ponto de ter uma reunião de meia hora e, quando voltei à minha secretária, tinha 6 chamadas não atendidas e mais uns emails!) enviou-me um ramo de flores e uma caixa de chocolates em jeito de agradecimento/desculpas, junto com um cartão que dizia assim:


Verdade seja dita que já não podia com eles nos últimos dias e dei graças a Deus por ter ficado tudo resolvido esta manhã. Mas não esperava mesmo ter esta surpresa pela hora do almoço. Eu achava que até tinha lidado bem com a situação mas às vezes sabe bem receber este reconhecimento professional :)



Tuesday, 15 January 2013

E esta manhã quando acordei...

... a nossa rua estava assim!

E a vista da varanda ficou assim durante o dia.

Sunday, 13 January 2013

Domingo em Utrecht



Muito, muito frio!!
Mas estar com amigos aquece-nos sempre a alma :)

Saturday, 12 January 2013

6ª semana

Ainda ontem à noite, lia alguma informação na net sobre a gravidez semana a semana: as transformações no corpo da grávida, a evolução do feto, etc... E comentei com o jeitoso que devia estar a ter uma "santa" gravidez pois já estava no final da 5ª semana e ainda não tinha sentido enjoos nem nenhum dos outros sintomas que estava a ler.
Devia mas era ter mantido a jaja fechada porque esta manhã, acordei por volta das 5h30 e comecei a sentir as primeiras náuseas... leves, muito leves... mas percebi que nunca tinha sentido aquilo antes.
Aumentaram um pouco durante a manhã, e eu no escritório a tentar me manter o mais "normal" possível!
Mas lá "googlei" e fiz uma nota mental de alguns truques para ir me aguentando. E foi melhorando durante a tarde, felizmente, embora sem ter passado por completo.

Por outro lado, já há uns 2 dias que noto alguma sensibilidade no peito e hoje então muito mais... já posso esquecer o voltar a dormir de barriga pra baixo (não estava à espera desta tão cedo!)

Também gostava que alguém me tivesse falado mais cedo de gases na gravidez!! Lê-se muita coisa, as grávidas e mães gostam muito de falar dos enjoos matinais e sei lá mais o quê, mas nunca ninguém me falou que gravidez pode provocar gases - mas uma coisa descomunal, senhores! Já andava a quebrar a cabeça tentando perceber o que é que podia ter mudado na minha alimentação para provocar tamanha tempestade na minha barriga. Mas de uma maneira tão violenta, ao ponto de ficar de ficar com a barriga inchada e com as calças apertadas na cintura. Lá tive que ir googlar se poderia ter alguma coisa a ver com a gravidez... e não é que tem??

Enfim, sempre quis passar pela experiência da gravidez, sentir um ser humano a se desenvolver dentro de mim, e agora estou a tê-la - com todas as coisas boas e menos boas :)
E sim, hoje posso dizer que já começo a me sentir grávida! :)

Nota: ah, e apesar de uma das coisas que mais me irritava nas grávidas ser o facto de que o tempo deixava de ser contado em meses e, de repente, parece que passam a falar só em semanas... tenho a avisar que já me adaptei bem a contar o tempo em semanas e daqui pra frente vai ser assim!

Home cinema


Ontem à noite vimos o Django: excelente filme, com acção, um humor peculiar, violência e sangue - típico filme do Quentin Tarantino. E, mais uma vez, assiste-se a uma excelente interpretação do Christoph Waltz. Recomenda-se!

Thursday, 10 January 2013

Oh coisa boa!

Esta manhã notei que já começa a amanhecer mais cedo... finalmente!!! :D
Confesso que não estava à espera disto tão cedo; já estava mentalizada para uns meses de Janeiro e Fevereiro muito sombrios.
Mas hoje, eram 8h20 quando coloquei o meu pezinho fora da estação de Naarden-Bussum e fiquei quase num estado eufórico ao ver que, ao contrário dos outros dias, já não estava de noite!


Esta foto não tem mesmo nada de especial - é mais uma souvenir para moi-même deste momento mágico (pelo menos para mim) logo no início do ano :)
E da mesma maneira, às 17h, quando saio da empresa... guess what? Isso mesmo, ainda não está de noite!! :D
Agora ainda mais agradeço a Deus por termos vindo para cá em vez de nos mudarmos outra vez para Londres!

Wednesday, 9 January 2013

Ida ao médico

De manhãzinha, lá estava no huisarts para a consulta, acompanhada pelo jeitoso e levando num frasquinho a primeira urina da manhã como me haviam dito para fazer.
Fui atendida por uma médica que ainda não conhecia e uma estagiária. O teste que me fizeram foi semelhante aos que já tinha feito em casa (juro que até me pareceu um da marca Etos!) e voltou a dar positivo. A médica deu-nos os parabéns e eu comecei a disparar a minha lista de perguntas.
Ela explicou-me como funcionam cá as consultas e exames e que a primeira consulta com a verloskundige (parteira) só é marcada para a 8ª semana porque há um risco mais elevado de perder o bebé nessas primeiras semanas.
Arrisquei-me a abordar o polémico assunto do exame para verificar a imunidade à toxoplasmose que, como seria de esperar, ela não pareceu achar relevante mas disse que se não quisessem fazê-lo na Verloskundigen Praktijk (a clínica das parteiras) eu podia voltar lá para fazê-lo... será? Pergunto-me se algum expat já saiu vencedor nesta batalha do exame à imunidade da toxoplasmose...
Quanto à escolha da verloskundige,  sugeriu-me que escolhesse uma entre as que ficavam perto da minha residência - então pedi-lhe que me escrevesse num papel como se escreve em holandês para pesquisar em casa. Falámos sobre os alimentos a evitar, sumplementos vitamínicos e os exercícios físicos que faço no ginásio.
Cerca de meia-hora de consulta e voltámos para casa - e de seguida toca a ir para o trabalho a correr... tem sido sempre assim, não temos tempo para nos sentarmos a falar sobre as coisas e desfrutar um pouco...
Mas a verdade é que, mesmo tendo ouvido as notícias "oficialmente" pela boca da médica, ainda não posso dizer que me sinto grávida. Ainda não sinto nenhuma mudança no meu corpo e é estranho saber que estou grávida sem senti-lo...

Sunday, 6 January 2013

1ª visita ao parque este ano :)

Sol ao fim-de-semana e toca a pedalar até ao Westerpark para fazer um pouco de fotossíntese!







E, porque está mas não necessariamente calor, uma paragem no Bagels & Beans a caminho de casa para aquecer um pouco :)




Saturday, 5 January 2013

O ervilha :)

Nestes 2 últimos dias, desde que fiz o(s) teste(s) de gravidez, pouco tempo tive para pensar nisto tudo.
Foram 2 dias bastante ocupados no trabalho; ginásio na 5ª feira à noite... Para dizer a verdade, acho que ainda "não caí em mim"...
Estava tão certa de que, pelo facto de ter ovários poliquísticos, ia levar um bom tempo até conseguir engravidar. Só me vinha à cabeça todos os relatos que tinha lido de mulheres, na mesma situação, já desesperadas pois estavam há 2 e 3 anos a tentar engravidar.
E eu, mal deixámos de usar qualquer método contraceptivo, engravidei logo - sim, um pequeno milagre na minha opinião!
E agora, tenho esta pequena ervilha, concebida quando fomos de férias à Madeira passar o Natal, a crescer dentro de mim :)
Na 5ª feira liguei para o meu huisarts. Sei que na Holanda, a gravidez é acompanhada por uma verloskundige (parteira) e não por um médico. Já li vários relatos de expats a contar que, quando descobriram que estava grávidas e foram ao médico, este perguntou o que é que elas estavam ali a fazer.
Mas não faço ideia de como escolher a verloskundige e por isso liguei para o meu huisarts. Expliquei que tinha feito um teste de gravidez e que tinha dado positivo, que sabia que na Holanda seria acompanhada por uma verloskundige e não pelo meu huisarts, mas que não sabia como escolher a primeira. A funcionária foi excelente! Quando lhe disse que estava cá há menos de 1 ano, informou-me que na 4ª feira estava lá de serviço uma médica e sugeriu-me que marcasse uma consulta e ela poderia ajudar-me a escolher uma verloskundige - acho que foi mesmo boa ideia ter optado por este huisarts "especializado" em expats! Ah, e também vão voltar a fazer-me lá um teste, por via das dúvidas.
Acho que agora só estou à espera de ouvir da boca da médica a confirmação da gravidez para acreditar mesmo que estou grávida! Isso, e começar a notar as primeiras transformações no meu corpo :)

Thursday, 3 January 2013

Um pequeno milagre?

Por mais (quase) impossível que me parecesse, hoje quando cheguei a casa do trabalho fui ao Etos comprar um teste de gravidez.
Mesmo tendo deixado de tomar a pílula há perto de meio ano, o meu período continuava a ser mais ou menos regular. Já tinha sentido algum daquele leve desconforto abdominal tão típico da chegada do período mas... até agora nada. E mais por precaução também (lembrando-me de todo o vinho tinto bebido nos dias do Natal e passagem d'ano e outras excessos).
Acabei por trazer uma embalagem, mesmo da marca do Etos, que continha 2 testes, pois não estava para gastar muito dinheiro num teste todo XPTO que ia dar negativo de certeza.
Vim para casa e daí a pouco usei um dos testes. Apareceu imediatamente a risca de controlo - uma linha azul bem forte - e aos poucos foi aparecendo uma outra mas muito mais ténue, quase imperceptível...
O jeitoso só dizia Tás grávida!; Eu não te disse que tavas grávida?... E eu sempre: Não, tás maluco?;  Cá nada, não pode ser...
Lá fui para o Google traduzir as indicações que vinham no panfleto do teste de gravidez (que estavam todas em holandês, claro está). Dizia que, mesmo que o 2º tracinho não fosse de um azul tão forte como o 1º, significava que estava grávida (!)
Bem, sempre em negação, voltei ao Etos (o que vale é que fica mesmo aqui ao lado de casa) para comprar um teste de uma marca diferente. Ainda tinha um em casa, da marca do Etos, mas pensei que aqueles baratuchos podiam não ser muito fiáveis. Pedi ajuda a uma funcionária na escolha do teste. Contei à que me atendeu (com uma barriga redonda que não deixava margem para dúvidas) que tinha acabado de fazer um teste mas que o resultado tinha sido assim e assado e que me pareceu inconclusivo - vi logo um sorriso maroto na expressão dela e disse-me que em 99% dos casos significa que o resultado é mesmo positivo. Insisti que queria fazer outro, de outra marca. Ela deu-me outro mas aconselhou-me a não fazê-lo de imediato, já que tinha acabado de fazer o primeiro, para aguardar pelo dia seguinte e fazê-lo com a primeira urina da manhã que vem mais carregada da tal hormona HCG.
Mas quem é que consegue esperar até ao dia seguinte???
Fui para casa fazer o teste que deu... negativo.
Bolas! E agora? Lá tivémos que esperar até à manhã seguinte para fazer o outro teste da 1ª embalagem que tinha comprado. Nessa noite, acordei por volta das 3h30 e depois já pouco ou nada consegui dormir. O jeitoso também não dormiu muito nessa noite...
De manhã, quando nos levantámos para ir trabalhar - isto algures entre as 6h30 e as 7h00 - fui logo fazer o terceiro teste que deu... positivo!
ali ficámos, parados, a olhar para o resultado dos 3 testes...



Mas não por muito tempo pois o relógio não pára e tinhamos que nos despachar para apanhar o comboio para o trabalho.
Não deu tempo para falarmos muito, para nada. Apesar de já termos vindo a falar nisto há algum tempo, o jeitoso estava um pouco em estado de choque e eu acho que ainda não conseguia acreditar que aquilo fosse real...

Tuesday, 1 January 2013

Réveillon

A nossa passagem d'ano foi em Amsterdão desta vez, passada cá em casa com mais 3 Portugueses, 1 Holandês e 1 Yofi :)
Muita conversa e boa disposição, muito barulho vindo das bombinhas que eram largadas na rua um pouco por toda a cidade e com mais intensidade ainda a partir do fim da tarde (a lembrar um pouco as últimas horas do ano na Madeira).
Na Holanda, começou a venda de foguetes e afins na passada 4ª Feira a maiores de 16 anos que podem começar a ser lançados a partir das 10h da manhã do dia 31... mas qualquer pessoa que esteja por cá sabe que isto tem sido a puta da loucura nos últimos dias!
Bem, mas à meia-noite é que a coisa ficou mais rija e houve bombinhas e foguetes e fogo-de artifício que durou, para não mentir, até à 1h da manhã, mesmo com a chuva que caía nessa altura.
Vimos o fogo-de-artifício e lançámos foguetes da nossa varanda, do terraço (onde se tem uma bela vista dos telhados de Amsterdão) e na nossa rua também.
Até eu, que não sou fã de fogo-de-artifício, não achei nada mau e confirmou-se, mais uma vez, que esta gente sabe festejar!





E, para não variar, não há fotos minhas porque ponho-me sempre a tirar fotos e esqueço-me que depois não apareço em nenhuma! Lol

Sugestão para o ano novo :)



Gelukkig nieuwjaar 2013!