Thursday, 30 May 2013

26ª semana

No 5° mês da gravidez, pintar as unhas dos pés antes de ir de férias pode tornar-se num desafio!!
Mission accomplished… após algum muito contorcionismo!

Thursday, 23 May 2013

Jantar de equipa

Ontem tivemos jantar de equipa (da empresa) no restaurante Vandaag. Existem dois, um em Amsterdão e outro em Utrecht, fomos a este último. Creio que foi uma boa escolha: o menu, estilo buffet, apresenta uma boa variedade à nossa escolha: comida tropical, mediterrânica, asiática e francesa. Entre outras, existe uma secção para entrada e saladas, massas e pizzas, sushi, churrasco, peixe e carne frescos preparados na altura, sobremesas e também um recanto com comidas mais simples a pensar nas crianças.
O conceito também é interessante: pagamos um preço fixo por pessoa e é all you can eat durante 2 ou 3 horas (variando, aqui, o preço, claro).
À boa maneira holandesa, a reserva foi feita para as 18h30. Pelas 21h00 já estava em casa.
Agora, do que eu não estava nada à espera era de ver os meus colegas (daqueles que costumam comer todos os dias sandezinha de queijo em pão-de-forma para o almoço) a chegarem à mesa com o prato cheio de comida, tudo misturado aos montes, como se não vissem comida à frente há 2 semanas! Fez-me lembrar o que se vê às vezes nas festas de casamento em Portugal.

Monday, 20 May 2013

Os melhores gelados de Utrecht!

Ou, pelo menos, é a opinião dos nossos vizinhos holandeses que nos convidaram para ir comer um gelado ao fim da tarde.
E a verdade é que esta gelataria italiana, Roberto Gelato, situada na zona de Wittevrouwen, faz uns gelados soberbos!
É claro que, se estivesse na Madeira, nunca teria ido comer gelado enquanto passeava, à chuva. E sem guarda-chuva. Lá temos o hábito de fugir sempre que começa a chuviscar, como se se tratasse de chuva ácida.
Por outro, na Holanda, esperar que faça sol para comer um gelado seria como, na Madeira, esperar que comece a nevar para celebrar o Natal!

Housewarming party

Cerca de 2 meses e meio depois de nos mudarmos para De Meern, tivémos a nossa housewarming party.
Não quis deixar muito mais para a frente pois certamente iria ser mais cansativo para o final da gravidez. E a ideia era aproveitar este fim-de-semana grande (o último do ano): preparar a maior parte das coisas no Sábado para não estar demasiado cansada no Domingo e ficar com a 2ª Feira para descansar. E assim foi :)
E como já estamos a 2 semanas de Junho (e até estava previsto sol para o  Domingo!) pareceu-me que fazia sentido fazer algo mais à base de saladas frias... é claro que aqui o tempo sofre de uma demência qualquer e muda tudo à última hora - I should have known batter by now!...
Enfim, meteorologia à parte, nem todos puderam vir mas foi muito bom pôr a conversa em dia com o pessoal de Amsterdão e não só! E são todos os queridos, houve prendas para a casa, para a Maria e para nós :) Obrigada a todos!
Confesso que tenho sentido falta de preparar estes convívios em casa para os amigos. Era algo que faziamos com alguma frequência na Madeira. Quando morávamos em Amsterdão, achávamos o espaço pequeno e preferiamos ir jantar fora com o pessoal. Aqui, só encontro o inconveniente de não termos um forno convencional pelo que estamos um pouco limitados naquilo que podemos preparar para um número maior de convivas.
E hoje, dia do último feriado (Pentecostes) na Holanda até ao Natal, acordámos numa manhã acinzentada - perfeita para ficar por casa a descansar e enroscar-se numa manta com um livro :)

Friday, 17 May 2013

Never ending week

Poohhhh... estes feriados todos de seguida deixam-nos mal habituados. Depois vem uma semana "normal", com 5 dias de trabalho consecutivos, e já parece interminável!
Pouco ou nada de novo a registar a não ser que já estamos a 2 semanas de  Junho e esteve a chover a semana toda.
A parte boa é que foi uma semana muito produtiva a nível gastronómico :)

Receitas aqui, aqui, aqui e aqui.

24ª semana

O jeitoso já consegue ouvir o batimento cardíaco da Maria quando encosta o ouvido à minha barriga :)
E também já anda a gozar de mim, a dizer que começo a andar como um pinguim!!

Thursday, 16 May 2013

Hábitos holandeses

Hoje, no escritório, o meu novo colega perguntou-me se gosto de cozinhar e se costumo fazer o jantar quando chego a casa depois do trabalho. Dizia ele que, à tarde, quando chega a casa já está cego de fome e vai logo cozinhar alguma coisa para jantar.
Pergunto-lhe mas a que horas é que ele janta... normalmente antes das 18h! E ficou com os olhos arregalados quando lhe disse que costumo jantar pelas 20h, com sorte.
E lá começámos a falar sobre os horários aqui na Holanda e de como é hábito as crianças jantarem por volta das 18h e irem para a cama às 19h (!!) E eu a lembrar-me que, em miúda, a minha hora de ir dormir era às 21h.
Já na consulta da 2ª Feira, por volta das 19h15, quando a verloskundige foi ouvir o batimento cardíaco da Maria e ouvia como ela estava constantemente a se mexer, comentou que os bebés mexem-se sempre mais pela manhã e depois da mãe ter jantado... e eu a pensar cá com os meus botões: jantado?? mas o jantar ainda nem tá preparado!...

Tuesday, 14 May 2013

24ª semana - consulta com a verloskundige

Ontem tive nova consulta de rotina com a verloskundige.
Durante o 4° mês da gravidez, levei um susto quando fui me pesar e a balança registou quase mais 5 kg no espaço de pouco mais de 1 semana! Uma semana depois, já mostrava que tinha menos 2 kg... Na semana seguinte, já só tinha ganho 300 gr mas fui fazer análises de sangue  para despistar diabetes gestacional.
Ontem a verloskundige comunicou-me que, felizmente, os meus níveis de açúcar no sangue estão normalíssimos.
Como de costume nestas consultas, ela mediu-me a pressão arterial e ouvimos o batimento cardíaco da Maria - também a ouviamos conforme se se mexia (esta miúda não pára! Lol)
Por precaução, já tratei de lhe pedir uma declaração em como posso viajar para o caso da companhia aérea assim o exigir - não quero correr o risco de estragar as nossas férias por causa disso!
E já fiquei a saber que tenho 3 hospitais à escolha na minha área de residência onde posso ter o bebé (e todos têm anestesiologista de serviço durante a noite, no caso da Maria resolver nascer de madrugada) - mas a escolha do hospital é algo que vamos discutir mais para a frente, quando elaborarmos o plano para o parto.
Também perguntou-me umas 3 vezes se não tinha questões a colocar... mas realmente não as tinha.
Enfim, está tudo a correr bem, a Maria está saudável e nós estamos felizes :)
Por outro lado, também tenho estado, finalmente, a tratar de marcar as aulas de preparação para o parto (em inglês). Uma das maiores dificuldades que tenho encontrado neste país depois de estar grávida, foi saber a quem dirigir-me e como contactá-los. O huisaarts, a verloskundige, a kraamzorg (a enfermeira que vem a casa dar apoio na semana após o parto) e mesmo o local onde vou ter as aulas de preparação para o parto são escolhidos por mim, de entre as mais próximas na minha zona de residência.
Ora, isto implica andar a fazer pesquisa no Google Maps. Mas, para isso, primeiro convém saber como se diz tudo isto em holandês de modo a obter os melhores resultados na pesquisa. Depois, há ainda o facto de alguns websites não permitirem a tradução automática do holandês para outra língua, através do tradutor do Google Chrome (esse meu amigo fantástico desde que me mudei para aqui!)… e lá tenho que andar a fazer copy/paste do website para o Google Translator até chegar ao que eu quero.
Enfim, esta parte tem me roubado muito tempo e a paciência também. Mas lá vou chegando (com doses redobradas de paciência).
Entretanto, as minhas falhas de memória (aparentemente tão características da gravidez) continuam - por vezes rimo-nos imenso com isso e noutras vezes sinto-me extremamente embaraçada... como esta manhã, no trabalho, quando a meio de uma frase esqueci-me completamente (assim, de repente mesmo) do que ia dizer...!

Sunday, 12 May 2013

Fim-de-semana grande

Quinta-feira foi feriado (Dia da Ascenção) e a empresa onde trabalho deu-nos o dia na Sexta... 4 dias de fim-de-semana! Uhuuuu!!
Ainda conseguimos passear um pouco na Quinta e relaxar ao Sol mas desde então o tempo não tem estado muito convidativo a actividades ao ar livre pelo que tenho aproveitado sobretudo para resolver assuntos que já estão na "to do list" há demasiado tempo, organizar algumas coisas, responder a emails, tratar das próximas férias, ir ao cabeleiro, fazer umas compritas e visitar amigos.
No meio de tudo isto, ou não adorássemos cozinhar e experimentar coisas novas na cozinha, decidimos que hoje iriamos finalmente fazer algo que já andamos para experimentar há algum tempo: pizzas caseiras!
Ficaram aprovadas, só temos que melhorar umas coisitas com a prática ;)


A receita está aqui.

Wednesday, 8 May 2013

23ª semana

A entrar nas 23 semanas, e com o tempo (finalmente!) a aquecer por estas bandas, o lema agora é vasculhar o roupeiro e ver que roupa de Verão ainda me serve.
A vantagem de ter perdido uns quilinhos no ano passado é que há peças de roupa que tinham ficado largas e que agora voltam a servir! Não por muito tempo, provavelmente, mas toca a usá-las enquanto ainda posso ;)
De resto, tenho vindo a sentir com mais regularidade a Maria a se mexer e suponho que irei senti-la cada vez mais daqui para a frente.


Tuesday, 7 May 2013

A diferença que o Sol faz na vida de uma pessoa!!

Olhando para trás, acho que passei por uma ligeira depressão nos primeiros meses deste ano…
Foi passar directamente dos 20°C que estavam na Madeira durante o Natal para o Inverno rigoroso e longo que tivémos este ano na Holanda; o stress e cansaço de andar a procurar novo apartamento; a angústia de ter descoberto que era necessária nova cirurgia ao nariz, especialmente durante a gravidez, e todos os receios que isso acarretou; as chatices com a “vaca” no escritório (a minha colega de trabalho holandesa); o frio, o infindável frio, e falta de luz do dia; as constipações e dores de garganta que vieram uma atrás da outra durante cerca de 1 mês e meio sem dar descanso; e tudo isto justamente na altura em que andava com os enjoos da gravidez!
Sim, os primeiros 3 meses deste ano não foram nada fáceis. Teria conseguido lidar com estas situações à vez mas, com tudo ao mesmo tempo, foi muito e deixei-me ir abaixo. De tal maneira que nem gozei os primeiros meses de gravidez como gostaria…
Valeu-me o jeitoso que esteve sempre ali para mim mas sei que também não foi fácil para ele.
Mas vejo melhorias, noto uma dirença enorme em mim já de há umas semanas para cá; volto a olhar para a Holanda com outros olhos e tudo parece novamente mais bonito e promissor.
E agora, é aproveitar estes meses que se seguem, desfrutar do Sol e das temperaturas amenas, da gravidez e destas transformações incríveis que vou sentindo em mim, de ir imaginando como será a Maria e da sensação de tê-la nos meus braços, de uma vida a três :)

Sunday, 5 May 2013

Greenwoods Singel

Hoje foi dia de passearmos pelas redondezas, aproveitarmos o sol e as temperatura agradável.
Já tinhamos perdido metade do dia e não queriamos perder muito mais por isso agarrámos numas saladas já prontas do supermercado e fomos bater a um recanto muito agradável que tinhamos descoberto há dias com uma daquelas mesas e banquinhos que tanto lembram os passeios e picnics na Madeira.
O sol é que parecia não querer nada connosco hoje e fugia sempre quando chegávamos a algum sítio... Mas mesmo assim, já deu para ter um cheirinho a Verão.




Friday, 3 May 2013

22ª semana

Ontem dirigimo-nos ao gemeente para o reconhecimento da paternidade da Maria.
Confesso que não faço a mínima ideia do procedimento em Portugal no caso dos pais da criança não serem casados. Mas aqui tivémos que lá ir, munidos com nossos documentos de identificação, onde declarámos que o jeitoso é o pai da criança, passando a ter, assim, todos os direitos sobre a mesma. Aliás, esta é a única maneira, no caso dos pais da criança não serem casados, do pai poder registar a criança aquando do nascimento sem ser necessária a presença da mãe.
Tivémos igualmente que assinar um documento onde declarámos que nenhum de nós é casado com outra pessoa.
A parte mais complicada - e para a qual não estávamos preparados - foi que tivémos que atribuir um sobrenome à criança. Não nos perguntaram pelo sexo ou primeiro nome mas era necessário que ficasse registado o sobrenome que a criança vai ter e que este estivesse em consonância com os requerimentos da lei portuguesa.
Ora bem, já tinhamos decido que ela teria apenas um primeiro nome e um sobrenome - sou muito prática nestas coisas, nada tradicional e ninguém é da realeza por estes lados!
Mas também nunca nos ocorreu verificar se assim podia ser. A senhora do gemeente foi consultar o que a lei portuguesa diz sobre este assunto e, segundo a interpretação dela, a criança teria os dois sobrenomes do pai ou os dois sobrenomes da mãe - ora, ao menos isso sabemos que não é bem assim.
Então, ficou temporariamente registada com os sobrenomes do pai (à maneira holandesa - que pode ser com o sobrenome do pai ou com o da mãe, mas não conjugado) e depois do nascimento, quando registarmos a criança no Consulado português, voltamos ao gemeente para a actualização do nome. Simples!


Entretanto, já falta menos de meio caminho para conhecermos a nossa Maria! :)
E, quanto a preparativos para a chegada da Maria, ainda não fizémos muita coisa... adquirimos algumas (poucas) coisas e nada mais. Isto porque o senhorio não encontra a chave da nossa arrecadação e, por conseguinte, o futuro quarto da Maria está cheio de tralha - até a minha bicicleta já esteve guardada lá até que conseguimos pendurá-la temporariamente na dispensa!

Wednesday, 1 May 2013

It’s a girl! :)

Na Terça-feira passada fui fazer a ecografia das 20 semanas.
A conversa dos últimos dias tem andado à volta do sexo do ervilhinha; uns acham que vai ser menina, outros dizem que vai ser menino.
Mas... quem decide se vamos descobrir ou não é o ervilhinha e naquele dia, encaixado de cabeça para baixo sobre a minha bexiga (não admira que ande sempre a fazer chichi!) ele decidiu ficar de costas o tempo todo! Segundo a rapariga que fez a ecografia, estava muito profundo para conseguir ver a parte da frente do bebé e os meus quilinhos a mais também não ajudaram.
Então, marquei nova ecografia para hoje pois como ele esteve sempre de costas ela também não conseguiu ver muito bem a parte abdominal (estômago, bexiga...) de modo a se certificar que estava tudo bem.
Desta vez fomos então ao UMC (Universitair Medisch Centrum) de Utrecht pois aparentemente têm aparelhos melhores lá.
Bom, o ervilhinha continua de canelas para o ar, desta vez ela conseguiu ver os órgãos todos e fazer todas as medições necessárias e está tudo normal, tudo bem... só que, justamente a zona so sexo estava escondida atrás do meu umbigo (uma zona onde não  dá para ver nada na ecografia, tipo dark side of the moon!). A rapariga lá foi tentando até que disse que preferia não garantir com toda a certeza mas que tinha 80% de certeza de que é uma menina! :)
E assim sairam de lá o Pai babado e a Mãe feliz de uma Maria :)


Só tenho a acrescentar que, até agora, estamos muito satisfeitos com todo o acompanhamento que temos recebido durante a gravidez aqui na Holanda.
O sistema pode ser diferente, e ouvem-se muitas histórias, mas por enquanto está a superar as nossas expectativas.